Museu Afro Brasil

CASE

“A solução da Solvis, além de otimizar nosso tempo de coleta e tabulação de dados, resolveu a preocupação que tínhamos com a integridade e a segurança dos dados. Hoje È uma ferramenta de gestão estratégica importante, nos auxiliando em tomadas de decisões. Foi uma excelente escolha e estamos muito satisfeitos, com a solução e com o atendimento que recebemos da equipe da Solvis.”

Natalia Moriyama, Coordenadora de desenvolvimento institucional do Museu Afro Brasil

Desafio

A pesquisa de satisfação sempre foi tratada como prioridade pela Secretaria de Cultura e pelo Museu Afro Brasil, um dos museus mais novos do Estado de São Paulo. Natalia, coordenadora de desenvolvimento institucional, buscava um jeito mais rápido e fácil para mensurar a satisfação de seu púbico. A pesquisa, até então feita em papel, não era atrativa aos visitantes do museu, além de ser extremamente trabalhosa em sua tabulação.

Necessidade

Para se tornar útil à coordenação, a pesquisa de satisfação precisava de um incremento quantitativo e qualitativo. Com uma amostragem maior e mais confiável, a pesquisa poderia enfim se tornar uma verdadeira ferramenta de gestão. Mas como fazer isso sem aumentar o tempo de tabulação e de construção de gráficos? Como incentivar os visitantes a preencher o questionário?

Solução

Com a instalação da solução da Solvis, responder a pesquisa se tornou muito mais atrativo aos visitantes. A facilidade da interface do totem, somada com o ótimo treinamento dado pela coordenação do museu trouxe resultados imediatos, que eram tabulados e transformados em relatórios automaticamente pelo sistema.

Implementação

Como Natalia passou a ter acesso quase que imediato aos resultados da pesquisa, ficou extremamente fácil responder às solicitações das pessoas que tiveram algum problema em sua visita. Tudo isso feito via e-mail, no dia seguinte à reclamação. Os relatórios também ajudaram a Identificar problemas no atendimento, e a traçar com exatidão o perfil de público e quais os motivos que os trouxeram até o museu. A solução Solvis se tornou referência para identificar tendências e orientar decisões de comunicação institucional. Além disso, usando o totem como forma de captação, o museu aumentou significativamente o seu mailing, possibilitando um alcance maior na divulgação de sua programação e estreitando a comunicação direta com os seus visitantes.

pizzahut-case1b

O Museu Afro Brasil

Localizado no Parque Ibirapuera, o Museu conserva um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje. O acervo abarca diversos aspectos dos universos culturais africanos e afrobrasileiros, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a escravidão, e traça a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira.

Mensagem

Deixe seu recado e entraremos em contato em breve!